PewDiePie | Após comentário racista, youtuber tem vídeos retirados do ar e é duramente criticado por produtor

O youtuber Felix Kjellberg, mais conhecido como PewDiePie, se envolveu em uma nova polêmica após usar um termo racista durante uma transmissão ao vivo de PlayerUnknown’s Battlegrounds.

PewDiePie se referiu a um oponente usando uma palavra racista e extremamente ofensiva, que até os meios de comunicações norte-americanos evitam reproduzir, identificando apenas como “n-word”.

Além da indignação dos seus fãs, o desenvolvedor Sean Vanaman, do estúdio Campo Santo – responsável por Firewatch – se pronunciou sobre o ocorrido e resolveu cortar relações com PewDiePie.

Vanaman entrou com uma ação judicial de direitos autorais (DMCA ou Digital Rights Millennium Act) para que todo o conteúdo dos jogos do Campo Santo sejam removidos do canal do youtuber, e que evite que ele faça vídeos de futuros jogos do estúdio.

“Estamos iniciando uma ação de DMCA contra o conteúdo de Firewatch feito por PewDiePie e todos os futuros jogos da Campo Santo.”

“Há uma certa tolerância que você precisa ter com a internet quando você acorda todo dia e faz jogos. Há também um limite.”

“Estou de saco cheio desse moleque ganhando mais e mais chances de fazer dinheiro com o que fazemos.”

“Ele é pior do que um racista isolado: ele é um propagador de lixo desprezível que realmente danifica a cultura ao redor desta indústria.”

“Além disso, somos cúmplices: tenho certeza que fizemos dinheiro dos 5,7 milhões de visualizações que aquele vídeo tem e isso é algo para nós pensarmos.”

“Eu imploro para outros desenvolvedores e vou entrar em contato com pessoas muito maiores do que nós para cortá-lo do conteúdo que fez dele um milionário.”

“Por fim: eu amo streamers. Eu os assisto todo dia e nós mandamos mais de 3 mil chaves de Firewatch para streamers profissionais e amadores.”

Algumas horas depois das declarações de Vanaman no Twitter, o vídeo de Firewatch que é citado pelo desenvolvedor e tinha cerca de 5,7 milhões de visualizações foi retirado do canal do PewDiePie.

Vale lembrar que está não é a primeira vez que o youtuber faz declarações polêmicas. Há alguns meses ele já havia perdido sua parceria com a Disney e com o Google por fazer declarações antissemitas em seu canal.

Leia mais sobre:  
PewDiePie

Conteúdos relacionados

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone